Dia do Futebol – O que Erling Haaland nos ensina sobre investimentos?

No dia 19 de julho celebramos uma das maiores paixões nacionais do Brasil – o futebol. E quantas crianças já sonharam se tornar uma grande estrela do esporte, não é mesmo? Constância, perseverança e paciência são os principais requisitos para jogadores que desejam conquistar uma carreira profissional consistente, e os investimentos de longo prazo funcionam de forma semelhante.

Apesar do sucesso ao qual estamos acostumados a ver nos meios de comunicação, grandes jogadores passam por diversos momentos antes de se tornarem ídolos. A jornada acompanha ciclos de tentativas, esforços e resultados ao decorrer dos anos de suas carreiras, refletindo na valorização de seus passes. Além disso, grandes eventos futebolísticos envolvem muito investimento, e jogadores de grande prestígio se valorizam à medida em que impulsionam as possibilidades de retorno.

As valorizações são evidenciadas durante as janelas de transferência, que ocorrem duas vezes por ano, conforme regras estipuladas pela FIFA. Neste período, somos surpreendidos por valores expressivos, investidos por clubes pelo mundo. Recentemente, os números de transação do norueguês Erling Haaland – grande promessa do futebol atual, sendo o segundo jogador mais valioso – ganharam atenção nas mídias. O jogador foi transferido do Borussia Dortmund para o Manchester City pelo valor de 60 milhões de euros (Aprox. 328 milhões de reais). Apesar de ter se tornado apenas a 5ª maior venda da história do time, por ter uma multa rescisória considerada baixa, essa quantia representa um lucro de 200% para o clube alemão, dado que o jogador foi adquirido junto ao RB Salzburg por 20 milhões de euros, em 2019.

Valor de mercado atual
Valor de mercado atual. Fonte: TransferMarkt

Analisando a sua primeira transação para o Borússia, no meio da temporada 19/20, seu valor de mercado aumentou 105 milhões de euros, ou 574 milhões de reais. Esse valor, se aplicado ao CDI deste período, já teria rendido mais de 80 milhões de reais.

Em outro cenário, com valor sendo aplicado ao retorno das ações da Nike (NIKE34), – fornecedora do atleta até o momento – no mesmo período, os valores poderiam ultrapassar os 200 milhões de reais.

Bons resultados exigem dedicação e resiliência para enfrentar os inúmeros desafios do percurso. Apesar da rápida valorização recente, os resultados do jogador foram reflexo de anos de treinamento, com o objetivo de conquistar resultados futuros satisfatórios. Investimentos de longo prazo são análogos à carreira de um jogador, é necessário paciência e cautela para ultrapassar os períodos de crise.

Lembre-se, uma boa carteira possui diversificação de ativos. Entenda seu perfil  de investidor   e aumente a diversificação de sua carteira, abra sua conta!

 

 

Compartilhe nas mídias

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
plugins premium WordPress