Quais são os fatores que influenciam o preço do petróleo?

O preço do petróleo sofre influencia de diversos fatores, saiba quais são.

Antes de tudo, é preciso entender que petróleo nada mais é do que uma commodity negociada no mercado financeiro internacional, normalmente na forma de contratos no mercado futuro. Cada um desses contratos costuma ser composto por 100 barris e negociado em dólares.  Por serem derivados do preço do barril e do câmbio da moeda norte-americana, esses contratos futuros são conhecidos como derivativos.

As duas principais cotações do petróleo são: o Brent e o WTI. Na tabela a seguir apresentamos as principais características de cada cotação:

Figura 01: Principais características do Brent e do WTI. Fonte: Money Times. Elaborado pelos autores.

É importante ter em mente que o preço do petróleo é sempre expresso por barril (bbl), sendo que um barril é equivalente, a aproximadamente, 159 litros.

Como qualquer ativo financeiro cotado em Bolsa de Valores, a cotação do barril de petróleo é submetida a flutuações que dependem essencialmente da lei da oferta e da demanda.

A oferta do mercado de petróleo é definida pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que é encarregada de determinar quantos barris serão produzidos por dia. O objetivo da Opep é regular e estabilizar o mercado.

Contudo, dois grandes produtores, Estados Unidos e Rússia, não fazem parte da Opep. Ou seja, a Opep não controla a totalidade da produção de petróleo bruto no mundo, apenas uma parte.

Fatores que influenciam o preço do petróleo

Quando se descobrem novas áreas para explorar, como o pré-sal brasileiro, o mercado reage imediatamente e a cotação pode recuar pela previsão de maior oferta. Da mesma forma, uma extração de petróleo finalizada ou paralisada pode levar a um aumento na cotação do barril.

Outro exemplo são os fatores ambientais. Um furacão no Golfo do México pode paralisar a extração do petróleo, fazendo com que a oferta se reduza e encareça o barril.

O petróleo é uma commoditie energética, ligada ao consumo e a atividade econômica.  Dessa forma, do lado da demanda, um aumento das necessidades em energia de um país que seja grande consumidor, pode ter uma influência relevante para a cotação do barril, elevando seu preço.

Por outro lado, em momentos de crises e recessões, como foi o período de abril/20 da pandemia do novo coronavírus, o consumo do petróleo e seus derivados, como combustíveis e lubrificantes, tende a diminuir e por consequência, reduzir as cotações.

As mudanças climáticas também podem afetar a cotação do petróleo pela ótica da demanda, por exemplo, um inverno rigoroso aumenta o consumo dos combustíveis (calefação), como resultado, tende a elevar o preço pago pelo barril de petróleo.

fatores que influenciam o preço do petróleo

Por fim, destacamos que outro fator que pode afetar o preço do petróleo são as tensões geopolíticas. Os três maiores países produtores de petróleo — Estados Unidos, Arábia Saudita e Rússia — representam 40% da produção mundial. Qualquer fator que afete a produção desses países poderá mudar a cotação do petróleo no mercado financeiro.

Em resumo, podemos concluir que a cotação do petróleo é afetada por fatores ambientais, econômicos, políticos e sociais.

 

Compartilhe nas mídias

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
plugins premium WordPress